• Compartilhe

    Saiba como utilizar esses recursos em diversas atividades industrias e cotidianas.

    Não é novidade que o usamos o ar comprimido em diversas tarefas no cotidiano. O recurso é usado como fonte de energia sendo armazenado em botijões, cilindros, através de processos mecânicos gerados por um compressor de ar. Podemos exemplificar um bom uso desse meio, mergulhadores que usam o cilindro de oxigênio para respirar debaixo d´agua, transportando esse ar em alta pressão.

    O ar comprimido é uma forma de energia flexível e segura em comparação com outros métodos de armazenamento de energia, como baterias e vapor. A eletricidade possui métodos mais econômicos do que o uso de ar comprimido, porém, o grau de risco é maior, tendo como danos propriedades e saúde física de pessoas, sempre evitando o uso em lugares com muita umidade. A utilização da compreensão de ar possui menor risco à segurança e pode ser usado em locais com uma flexibilidade melhor do que equipamentos elétricos, por exemplo, minas, locais de construção, baixo de água, fora a vantagem da velocidade e torques variáveis e o custo barato de equipamentos projetados.

    - A pureza do ar comprimido é primordial!

    Incolor e inodoro, o ar comprimido é um gás não tóxico e não inflamável, ainda que contribua para todos os tipos de combustão. É fundamental que o ar deve estar sempre limpo e seco, principalmente quando se trata de produções alimentícias e farmacêuticas, com a isenção de partículas de óleo e não deve ser usado por muito tempo. Em clinicas odontológicas, a pureza do ar é importante para evitar contaminações. Nas industrias, um ar seco impede a oxidação causada pela condensação de gotas de água presente nesse ar, evitando altos custos em manutenções desses equipamentos.

    Existe vários tipos de compressores a serem utilizados para gerar essa energia:

    - Compressores Rotativos ou Parafuso;

    - Compressores de Êmbolo;

    - Compressores Centrifugo ou Turbo.

    Um compressor distribui o ar comprimido levando em consideração a pressão, a vazão e a qualidade do ar, tendo os mais variados tipos de circuito para a passagem dessa energia até o seu ponto de consumo.

    O consumo de energia para gerar o ar comprimido é equivalente a 10% de todo o consumo da eletricidade em uma indústria, esse valor pode chegar em até 30%, por isso o uso eficiente dos equipamentos é de extrema importância, investindo principalmente em manutenções preventivas para o auxílio.

    TAGS:

    Compartilhe

    Posso lhe ajudar?